domingo, março 07, 2010

EXCLUSIVO! ENTREVISTA COM WALCYR CARRASCO, AUTOR DE "CARAS E BOCAS"

Pra quem pensou que já tinha visto tudo, Caras & Bocas foi responsável pela mais nova revolução na carreira de Walcyr Carrasco. Foi a união das condições mais favoráveis: texto inspirado e com histórias agradáveis, atores bem selecionados, direção no ponto, um macaco que agradou e não nos lembrou da Sessão da Tarde, novela anterior fracassada (Três Irmãs), e novela das oito em baixa (Viver a Vida, que só foi melhorar agora). Vários capítulos de Caras e Bocas conquistaram as maiores audiências do dia - e estamos falando de uma novela das sete!

Resultado: hoje, Walcyr faz parte oficialmente do 1º time de autores da Globo. Cogitou-se que ele teria sido promovido ao horário das oito, mas por enquanto isso não deve acontecer. Ele, inclusive, já está trabalhando na sua próxima novela, que pode estrear ainda este ano, depois de Ti Ti Ti. Para isso, já está fazendo suas pesquisas, buscando inspirações na cultura japonesa.

De uma forma geral, nenhum outro autor me acompanhou em tantos momentos, e durante tanto tempo. As novelas eu vi em todas as emissoras. Os livros, li todos os que passaram pela minha mão - exceto O garoto da novela, que me roubaram antes de eu concluir.

Acho que este é o melhor momento para anunciar a mais nova conquista de Larry King: uma entrevista exclusiva com Walcyr Carrasco! Não estou dizendo que Larry King seja um ladrão de livros, mas a sua biblioteca pessoal é extensa demais para um homem que está na lista negra de todos os donos de sebos de livros deste Hemisfério.


BLOGARITMOX ENTREVISTA
por Larry King



BLOGARITMOX - Você já escreveu vários livros, peças, crônicas. É um acervo considerável de narrativas. Um livro de crônicas, por exemplo, condensa várias histórias das quais o leitor geralmente se despede com pesar. Mesmo assim, nenhuma de suas publicações foi reaproveitada na TV (até onde sei). Há algum motivo especial para isso?

WALCYR CARRASCO - O principal é que nunca ofereci, acredito. Para mim, cada obra é uma obra, com sua linguagem, sua trama. E acabo não oferecendo o que, no fundo, eu devia fazer.


BLOGARITMOX - Em Caras e Bocas, pela 1ª vez, eu identifiquei seu lado "cronista", explorando várias histórias curtas dentro de um folhetim, e com uma vantagem: mesmo com o rápido desfecho, os personagens continuavam ali para serem apreciados, e até mesmo para novas aventuras. Ainda havia fôlego para mais histórias?

WALCYR - Havia sim. Os personagens se recriavam, as histórias surgiam. Mas eu estava exausto, acho que não tinha mais fôlego físico para escrever mais.


BLOGARITMOX - O sucesso da novela surpreendeu muita gente, inclusive a mim (não levei fé num folhetim com um macaco). O público bancou a história até o final. Mas nem sempre é possível agradar – qual a sua relação com o ibope, e o que faz quando percebe que determinada trama não está dando certo?

WALCYR - Veja bem, a audiência é um dado. Mas o dado mais significativo é minha própria intuição. Eu assisto a novela todos os dias e sinto quando alguma coisa não está rolando. A audiência pode até estar boa, mas eu sei que não vai sustentar. Mas isso para mim é um estímulo para buscar soluções criativas.


BLOGARITMOX - Você consegue listar quem francamente te surpreendeu nessa novela?

WALCYR - Hummm...Tanta gente! Então, para não ferir ninguém, vou ficar com a Isabelle Drummond, que foi genial como Bianca, o Miguel Rômulo como Felipe e o David Lucas como Espeto. Faço uma homenagem aos adolescentes da novela!


BLOGARITMOX - Na Globo, você já passou por praticamente todos os horários - inclusive pelas manhãs, quando assumiu o Sítio. De todos os públicos com que você já trabalhou, qual deles é o mais trabalhoso?

WALCYR - Todos são. Cada um representa um desafio. Eu não costumo levar a minha vida pensando no que é "mais" ou "menos". Cada experiência tem seus momentos difíceis.


BLOGARITMOX - Você tem uma novela preferida, dentre as suas?

WALCYR - Ah, eu tenho um carinho especial por Xica da Silva, que me projetou nacionalmente.


BLOGARITMOX - E você considera que hoje, o autor está em maior evidência, sendo mais valorizado, e também mais cobrado nos dias de hoje?

WALCYR - Eu acho que o autor sempre foi cobrado. Hoje a mídia é mais forte, existe um número maior de órgãos de imprensa voltados para a televisãom internet... Portanto há uma cobrança constante.


BLOGARITMOX - "Vida de Droga" (seu livro mais vendido) conta o drama de Dora, garota rica e muito mimada, que vê tudo desmoronar quando o pai perde o emprego. As más companhias influenciam-na a entrar de cabeça no mundo das drogas, explorado pelo livro com riqueza de detalhes. Este foi o seu paradidático mais denso: tema delicado, com passagens fortes, e o alvo eram os leitores mais jovens. Você chegou a declarar que escrevê-lo "foi um trabalho sofrido". Como você conseguiu encontrar a forma adequada de tratar sobre as drogas, sem perder a conexão com o público-alvo?

WALCYR - É um processo que não sei explicar. Eu entro na pelo dos personagens, "vivo" a história deles, sob a ótica deles. E, é claro, sofro como eles.


BLOGARITMOX - "Balança Coração" é o livro que mais me lembra uma novela das 6: história de amor com seus percalços, que se resolvem quando o casal percebe que eles próprios são responsáveis por seus obstáculos. É uma história universal. Qual avaliação você faz desse romance?

Gosto muito, porque trata de um tema moderno: uma vegetariana e o filho do dono de uma churrascaria namorando! Eu ainda acho a ideia divertida, alegre.


BLOGARITMOX - Xica da Silva foi a melhor novela que já vi. Escrita sob a máscara do anonimato, deu ao texto um poder ilimitado. Foi uma novela tão surpreendente, e de uma riqueza tão grande que só me resta perguntar: Como foi escrevê-la?

WALCYR - Era minha primeira grande oportunidade, de verdade, eu tinha a sinopse há anos quando a Manchete resolveu fazer. E ainda por cima escrevi com pseudônimo - Adamo Angel - ou seja, atingi o nível máximo de tensão. Mas também, por ter pseudônimo, eu fiz questão de pesquisar a história, hábitos sociais, linguagem, dialetos, expressões da época. Foi um trabalho muito enriquecedor.


BLOGARITMOX - A ida para a Globo contou com o apoio de Walter Avancini (que dirigiu Xica da Silva). Nessa emissora, começaram juntos com O Cravo e a Rosa (2000), mas a parceria foi interrompida no meio de A Padroeira, com a morte do diretor. A Padroeira marcou a despedida de Walter Avancini, e seu encontro com Elizabeth Savalla, da qual, felizmente, você nunca mais largou. Já explorou seu lado sério, cômico, dramático, pérfido... É ela seu amuleto da sorte? Por outro lado, como foi a perda do seu grande companheiro Avancini?

WALCYR - Eu ofereci a primeira fatia do bolo de meu aniversário para a Elizabeth Savalla, justamente porque ela é a "herança" que o Avancini me deixou. Nós dois fomos descobertos, construídos artisticamente por ele (ela em Gabriela, eu em Xica da Silva). E perdê-lo foi muito doloroso, ainda tenho saudades. Mas ficou a Savalla, com quem tenho uma relação profissional muito rica.


Esta postagem é dedicada, também, aos familiares e amigos do ator Dener Pacheco, o Renan de Caras e Bocas, que faleceu ontem.

4 comentários:

Alan Raspante disse...

Nossa, ficou ótima a entrevista !
Parabéns, ficou mesmo muito boa. com certeza, Walcyr é um Gênio !

PS : Quero ler "Vida de Droga" !

Marília disse...

Fiquei com muita vontade de ler Balança Coração. E, ah, parabéns pela entrevista! Fiquei meio em choque com a morte desse rapaz. Mortes são sempre tão estranhas...

J. Júnior disse...

Parabéns pela entrevista! Está ótima.
Quando vi no Jornal Hoje de sábado que o ator Dener Pacheco de apenas 28 anos havia falecido, levei um susto enorme. Mortes precoces assim sempre chocam muito.

Britto disse...

Parabéns, Thicovski!
Excelente entrevista, e uma grande conquista para o blog!

Já li alguns livros de walcyr, incluindo Vida de Droga - isso nos tempos de escola...

"Blog de humor e fantasia, criado para fins de entretenimento, apenas. As informações e opiniões aqui contidas podem não corresponder à realidade. Se você se ofendeu com alguma postagem, certamente a mesma se trata uma ficção que deve ser imediatamente desconsiderada, e não levada a sério"
Related Posts with Thumbnails

contador de visitas

Contadores Web visitantes desde 12-07-2008 (o blog foi criado em Outubro de 2006) [Contadores Web]