quinta-feira, março 23, 2017

Crazy Ex Girlfriend é a melhor comédia que você não está assistindo


Demorou, mas eu me apaixonei por Crazy Ex Girlfriend. A série conta a história de uma jovem advogada bem-sucedida que larga tudo para correr atrás do ex-namorado de infância, mudando-se de mala e tudo para uma pequena cidade californiana.

A premissa da série, nos primeiros episódios, é meio bobinha demais pra ser engraçada: Rebecca tem uma insana fixação por Josh, que é noivo de uma morena escultural, e as situações cômicas que surgem a partir daí não funcionam pra mim — embora a crítica tenha adorado desde o primeiro momento. Já eu demorei meses pra passar da primeira temporada, tanto que deu tempo de a primeira e a segunda chegarem na Netflix.

O legal da série vem depois, com o desenvolvimento das personagens. A "loucura" de Rebecca vai ficando cada vez mais explicada, e não só o texto melhora consideravelmente, como também os personagens vão ganhando mais profundidade e até as músicas começam a me agradar mais. Eu não devo ter mencionado ainda que se trata de uma comédia romântica musical, e o legal é que TODAS as canções são ORIGINAIS, com pitadas de humor.

A segunda temporada, foi a que me ganhou de verdade. Eles mudaram a abertura e ficou bom demais!

Esse segundo ano conta com uma Rachel Bloom ainda mais segura no papel da protagonista. Chega a ser comovente a paixão que ela tem por essa série, pela qual ganhou o Globo de Ouro no ano passado: ela é criadora, estrela, e às vezes escritora dos episódios, e ralou muito pra conseguir que uma emissora aceitasse produzir a série. Sem contar que ela canta e dança muito bem. Desconheço qualquer atriz que mereça o Emmy mais do que ela este ano.

Crazy Ex Girlfriend tem uma audiência baixa, mas o fato de ela ter uma óptima recepção da crítica incentiva o CW a investir em mais episódios. A terceira temporada está confirmada.

Recomendo que você dê uma chance, suporte os episódios da primeira temporada que não acrescem em nada, porque a segunda é muito legal.


segunda-feira, março 20, 2017

Finalmente: Revelada a receita do bolo de chocomorte que chocou o Brasil

Semana passada eu postei na página @Não deixe esse video morrer a preparação do temido bolo de chocomorte, também conhecido como o jeito mais fácil e gostoso de se conseguir um ataque cardíaco.

Esse fim de semana eu fiz a minha versão desse bolo, e postei o passo a passo no stories do meu instagram @Blogaritmox. Como as imagens desapareceram após 24 horas, eu as postei na fan page e, como os pedidos da receita foram MUITOS (principalmente no vídeo da receita original), segue agora a receita completinha do bolo que eu fiz.

1 - MASSA

Quem assistiu o vídeo original reparou que eles já começam com o bolo pronto, ou seja, você pode fazer com a receita que quiser, inclusive aquele de caixinha. 

Eu tinha feito um bolo de chocolate dias atrás que ficou muito bom, por isso resolvi repeti-lo, mas com algumas modificações: farinha integral em vez da farinha de trigo normal e cacau em pó em vez do chocolate em pó. Não sei a diferença que o cacau fez, porque o que roubou a cena foi a farinha. Por segurança, recomendo a vocês usarem a farinha normal e o chocolate em pó mesmo (é até mais barato).

3 xícaras de farinha integralnão recomendo a integral. Eu usei ela pra deixar o bolo mais ~ saudável ~, mas deixou a massa seca pro meu gosto. Use a normal.
2 xícaras de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de cacau em pó — você pode trocar por chocolate em pó se quiser. O achocolatado é o que eu menos indico, por causa do açúcar que vem nele. Mas você pode usar se quiser.
1 colher (chá) de sal1 colher (chá) de essência de baunilha
1 ½ xícara de óleo de girassol — outra escolha ~ saudável ~ que fiz. Pra fins de sabor, tanto faz o óleo que você vai usar.
3 ovos
1 ¼ xícara de buttermilk (leitelho)*

* Buttermilk
1 ¼ de leite
Metade de um limão OU 1 colher (sopa) de vinagre branco — usei o limão.

NÃO DEIXE DE VER O PASSO-A-PASSO NAS FOTOS POSTADAS NO FACEBOOK!


2 - RECHEIO DE CHOCOLATE  

A receita original pede leite condensado + chocolate derretido, mas eu troquei esse último por leite e cacau em pó. Achei bem melhor. É quase um brigadeiro, sem a manteiga.


3 - COBERTURA: O CREME FAKE DE CHOCOMORTE

 O pulo do gato nessa minha versão foi substituir o creme de chocomorte (que leva MUITA manteiga e açúcar) pelo bom e velho chantilly caseiro. Pra fins de sabor, não decepciona, porque chantilly sempre cai bem. Só não fica TÃO BONITO quanto o chocomorte, porque a manteiga dá aquele brilho maravilhoso, e como ele é basicamente uma tonelada de manteiga batida com açúcar e chocolate, o opaco e aerado chantilly perde no quesito boniteza, a menos que você use dotes de confeiteiro que eu ainda não tenho (e que a receita original não exige).

Pra esse creme, eu usei:

500g de creme de leite fresco
Duas colheres de açúcar de confeiteiro
Duas colheres de cacau em pó

Primeiro você bate o chantilly, e depois mistura o cacau em pó (o chocolate em pó deixaria mais gostoso ainda). Depois é só espalhar em cima do bolo FRIO, e correr pro abraço.


quinta-feira, março 16, 2017

Top 5 - Os vídeos que vão bombar na sua playlist este fim de semana


 O final de semana está chegando, e não tem coisa pior que passar sem a playlist certa, concorda? Pensando nisso, eu separei os melhores vídeos da página Não deixe esse video morrer e montei a lista perfeita pra você ferver de sexta a domingo sem medo de ser feliz. Não se esqueça de curtir também a página do Blogaritmox.


1 - Pra você já acordar no clima certo, o dia tem que começar ao som de QUERO CAFÉ - versão remix. E que não falte o bom e velho pingado, porque senão a coisa fica feia:




2 - Abriu o guarda-roupa, não achou a roupa que queria? Lembre-se que você só não comprou aquela calça nova junto com a brusinha porque uma calça pra uma jovem de 16 anos é mais de 300 reais:



3 - Você abriu a carteira, viu aquela nota de 5 reais e se surpreendeu - até então você achava que não tinha era nada. Nesse caso, você vai até a bolsa da sua mãe, o caixa 24h mais antigo do mundo, e vai fazer um saque. Mas você é surpreendido por ela, e a perseguição é tipo assim:






4 - Chegada a hora da maldade, tudo o que você quer é ferver no ritmo da noite:




BONUS 1: Porque se não for pra tirar a roupa em rede nacional, melhor nem sair de casa:




5 - Conforme a balada vai findando, nada cai melhor do que um sonzinho voz e violão (nesse caso, só voz):




BONUS 2: E você chega em casa, se depara com a sua mãe te esperando, e pra disfarçar que bebeu você se transforma na Aracy da Top Therm versão Autotune:



 
BONUS 3: Parabéns, você sobreviveu e agora está de castigo. Pra semana que vem, chame os amigos pra te visitarem num social, que a música estará garantida com essa super prática guitarra elétrica feita em casa:


segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Os assustadores micro-contos de terror em duas frases: Eles assustam mesmo

 
Esses microcontos de terror, embora eu desconheça a sua autoria, vêm circulando pela internet há algum tempo; eles teriam sido criados por usuários do Reddit após um desafio ter sido proposto — criar um conto de terror usando apenas duas "sentenças" (frases), no máximo. Impressiona como curtas linhas são capazes de provocar aquele arrepio na espinha e eletrificar nossa imaginação de uma forma tão poderosa. Confira!
  1. Acordei com um barulho de batidas em algum vidro. Primeiro, pensei que o som viesse da janela, até que ouvi o som vindo do espelho outra vez.


  1. A última coisa que eu vi foi o meu despertador mostrado que eram 12:07 antes que ela atravessasse suas longas unhas podres em meu peito, com a outra mão abafando meus gritos. Me sentei na cama, aliviado que era só um sonho, mas quando vi no despertador que eram 12:06, ouvi aporta do roupeiro se abrir.


  1. Por ter crescido com gatos e cães, acabei me acostumando com sons de arranhões na porta enquanto eu dormia. Agora que moro sozinho, isso é mais perturbador.


  1. Em todo o tempo que morei nessa casa, juro por deus que já fechei mais portas do que abri.


  1. Uma garota ouviu sua mãe chamá-la do andar de baixo. Quando ela estava saindo do quarto, em direção às escadas, sua mãe puxou-a de volta para o quarto e disse: “eu também ouvi isso.”


  1. Ela me perguntou por que minha respiração estava tão pesada. Não estava.


  1. Minha mulher me acordou noite passada para me dizer que tinha um invasor em nossa casa. Ela foi assassinada por um invasor há dois anos.


  1. Me acordei com o som da babá eletrônica do quarto do meu filho mostrando uma voz o confortando. Quando me virei na cama, meu braço roçou em minha mulher, dormindo ao meu lado.


  1. Sempre estranhei como minha gata olha fixamente para mim – parecia sempre olhar fixamente para o meu rosto. Até que, um dia, notei que ela estava sempre olhando para trás de mim.


  1. Não há nada como o riso de um bebê. A menos que seja 1 da manhã e você esteja sozinho em casa.


  1. Eu estava tendo um sonho agradável quando o som de algo que pareciam ser batidas de martelo de acordou. Depois disso, mal pude ouvir o som da terra cobrindo o caixão, por causa dos meus próprios gritos.


  1. “Não consigo dormir”, ela disse, deitando na cama comigo. Acordei com frio, segurando o vestido no qual ela foi enterrada.

     

13. Estava cobrindo meu filho quando ele me diz: “Papai, vê se não têm monstros debaixo da cama.” Para agradá-lo, olhei embaixo da cama e vi ele, outro dele, embaixo da cama, olhando para mim, tremendo e murmurando: “Papai, tem alguém na minha cama.”

  1. Você chega em casa cansado depois de um longo dia de trabalho, querendo relaxar um pouco sozinho. Você vai ligar a luz, mas quando se aproxima do interruptor, já tem outra mão sobre ele.


  1. Não consigo me mexer, respirar, falar nem ouvir nada aqui e é tão escuro o tempo todo. Se eu soubesse que seria tão solitário assim, teria preferido ser cremado.


  1. Ela subiu as escadas para ver como estava o seu bebê. A janela do quarto estava aberta e a cama vazia.


  1. Eu nunca durmo. Mas não paro de acordar.


  1. Minha filha não para de chorar e gritar no meio da noite. Eu visito o túmulo dela e peço para ela parar, mas não adianta.


  1. Depois de trabalhar o dia todo, chego em casa e vejo minha namorada abraçada em nosso bebê. Não sei o que foi mais assustador, ver a minha namorada morta e nosso filho que nasceu morto ou saber que alguém invadiu o meu apartamento e os colocou lá.


  1. Tinha uma foto de mim mesmo dormindo em meu telefone. Eu moro sozinho.


segunda-feira, fevereiro 06, 2017

Os 10 anos de Skins

Este ano pode ser lembrado como o marco simbólico do fim de uma geração. Há 10 anos, mais precisamente em 25/01/2007 ia ao ar o primeiro episódio de Skins, o drama adolescente que marcou a vida de muitos jovens no finalzinho da década de 2000.

A série foi um marco na TV britânica pelo tratamento realista que deu a questões delicadas como o sexo e o uso de drogas pelos jovens. Talvez "realista" nem seja o termo mais apropriado, pois as histórias flertavam com o melodrama. Mas o sexo e principalmente as drogas estavam sempre lá, com os personagens mandando bala no ecstasy com a mesma naturalidade e frequência que a gente vê o povo de Malhação tomando suco.

Se a intenção era chocar, e eu acredito que era, eles conseguiram. Skins chegou a ter uma boa receptividade em seus primeiros anos (até me aparecerem com uma terceira geração que não fazia sentido nenhum), tanto do público quanto da crítica. A densidade das cenas foi razoavelmente bem assimilada no Reino Unido, o que encorajou a MTV estadunidense a encomendar um remake da série — mas apesar de ter suavizado bastante o conteúdo do original britânico, Skins US foi alvo de críticas e boicote de instituições conservadoras, o que levou a emissora a não renová-la para uma segunda temporada.

A série original, por sua vez, totalizou 6 temporadas (divididas em três gerações), e três microsséries antológicas.

Pois é, crianças, lá se foram dez anos! Na fanpage do Blogaritmox tem várias fotos da série pra você baixar e matar essa saudade.

It's a small world, não é mesmo?






quarta-feira, janeiro 04, 2017

Arnold Schwarzenegger assume O Aprendiz e troca o bordão "você está demitido"


Você não sabia, mas Arnold Schwarzenegger acabou de assumir o comando do famoso reality O Aprendiz, versão com celebridades, nos EUA.

Seguindo o oposto do que acabou se tornando uma tendência mundial, em que os apresentadores do programa se tornaram políticos bem-sucedidos nas urnas (pelo menos até aqui; vamos ver o que vai ser do Justus), Arnold já chegou lá com dois mandatos de governador da California nas costas. E é o máximo que ele pode esperar da carreira pública, pois não é estadunidense, e por isso não pode disputar a presidência. Fazer o quê. Vida que segue.

Herdar um programa desses e deixar a sua própria marca é um desafio notável, ainda mais sabendo que o seu antecessor era ninguém menos que o atual presidente eleito dos EUA, Donald Trump, um businessman lunático, mas de reconhecido carisma.

Pois bem, na tentativa de ser original, Schwarzenegger trocou o bordão "você está demitido" por "você está exterminado"; uma escolha lógica e com o tempero inconfundível do eterno Exterminador do Futuro (agora Exterminador de Carreiras). A frase completa, em inglês, juntou outro bordão de sua carreira e ficou assim: "You're terminated. Get to the chopper" (ou Get to da choppa, para os mais fanáticos).

Feliz 2017, meus queridos amigos! Não se esqueça que o Blogaritmox segue ativo, diário e irresistível nas redes sociais: @Blogaritmox (facebook e instagram).



terça-feira, novembro 29, 2016

Vídeo: Cadelinha sem dono ganha "o melhor dia de sua vida" e é paparicada

Comercial da Canon: mensagem de amor com cães à procura de um lar

Quando a maioria das pessoas pensa em ter um cachorro, o primeiro impulso é comprar um que seja de raça. Mas há muitos cães abandonados em abrigos esperando a sua chance de ter um lar; e não raro morrem nos próprios abrigos, às vezes até mesmo sacrificados.

Mas tem gente boa querendo mudar isso. Conheça a história da fotógrafa Guinnevere Shuster, dos Estados Unidos, estrela do novo comercial da Canon nos EUA. A matéria abaixo foi reproduzida da Exame, e abaixo você vai ver o vídeo da campanha.

O vídeo faz parte da série da marca “Rebel With a Case” (“Rebelde com uma Causa”), que faz um jogo de palavras com as câmeras Canon Rebel e também com o nome do famoso filme estrelado por James Dean, “Rebel Without a Case”.

Na campanha, a marca entrevista diferentes ativistas e pessoas envolvidas com projetos sociais – e sempre com a fotografia no meio da história, claro.

No caso de Guinnevere Shuster, ela fotografa animais à procura de um lar. As fotos, divertidas e profissionais, ajudam os cães a chamarem a atenção dos donos em potencial. No vídeo, a cadela Willa sai do abrigo e ganha “o melhor dia da sua vida”, com festa, passeios no parque, bacon e muitos outros mimos.

Como a história foi transmitida em tempo real, milhares de pessoas apareceram com interesse em adotá-la.

"Blog de humor e fantasia, criado para fins de entretenimento, apenas. As informações e opiniões aqui contidas podem não corresponder à realidade. Se você se ofendeu com alguma postagem, certamente a mesma se trata uma ficção que deve ser imediatamente desconsiderada, e não levada a sério"
Related Posts with Thumbnails

contador de visitas

Contadores Web visitantes desde 12-07-2008 (o blog foi criado em Outubro de 2006) [Contadores Web]