quarta-feira, agosto 10, 2011

Por que os atores de "Chaves" brigam tanto?: Carlos Villagrán quer se reconciliar com Chespirito?

Ok, esta parte do especial "Por que os atores de Chaves brigam tanto" não estava programada. Todavia, tendo em vista as últimas declarações do Carlos Villagrán, que repercutiram rapidamente até pelo Brasil (geralmente somos nós que chegamos primeiro, e essa notícia já está em todos os sites), resolvemos abrir esses parênteses para explicar o que o Quico disse de tão importante.

E para variar, a imprensa tem distorcido isso também.

Fala a verdade: essa foto não é perfeita?

Zona de Conflito #3: O que será que ele quis dizer?


Em comemoração aos 40 anos de Chaves (e aí também inclui-se o aniversário de Quico, Chiquinha e outros), a Televisa está organizando uma justa homenagem ao seriado, e deve ser aquela festança, com chocolate, sanduíches, e todas aquelas delícias de festa.

Será que vão chamar o Kiko? Vamos pensar bem: será que deveriam?

Claro que, pelos trabalhos prestados ao longo dos sete anos em que atuou em Chaves, Villagrán merece estar não só entre os convidados, mas também entre os homenageados. Acontece que, ao longo de três décadas, o ator vem soltado desaforo atrás de desaforo contra seus ex-colegas, em especial o Chespirito.

E agora ele diz que toparia participar da festa pelos 40 anos de Chaves, mesmo que isso significasse se reencontrar com seus "desafetos". O que a imprensa está dando a entender é que o Quico estaria disposto a pedir perdão por ter chamado o Chespirito de trapaceiro, e por tudo o que disse nesses anos todos. Não é isso. Ele não está "arrependido", nem quer perdão. O que ele quis dizer é que ele está disposto a perdoar.

Entendeu?

Disse Carlos Villagrán: “Eu iria à Televisa, o mais bonito do ser humano é não guardar rancor apesar de todo o mal que lhe foi feito, mas sempre há justiça. De uma forma ou de outra você paga”.

Se Quico e Bolaños não fizerem o que no Direito chamamos de conciliação, ou seja, quando cada um abre mão de alguma coisa que acha que merece para no final todos saírem ganhando, não haverá reconciliação alguma. Se formos esperar um deles reconhecer que está errado, essa briga vai até o final dos seus dias.

No ano 2000, o público se emocionou ao ver o reencontro dos dois atores, numa homenagem feita pela Televisa ao Chespirito. Os dois se abraçaram e sorriram bastante, mas no final, a surpresa: eles não tinham feito as pazes. A reunião foi uma armação da Televisa, e eles não foram realmente encorajados a ficarem de bem (veja mais nesta parte do Especial Chaves).


2 comentários:

alan raspante disse...

Seria maravilhoso de houvesse, de fato, uma reconciliação entre ambos. Tá na hora de esquecer todo esse rancor, não é?

Britto disse...

Sinceramente, não entendi o "ele está disposto"... =/

"Blog de humor e fantasia, criado para fins de entretenimento, apenas. As informações e opiniões aqui contidas podem não corresponder à realidade. Se você se ofendeu com alguma postagem, certamente a mesma se trata uma ficção que deve ser imediatamente desconsiderada, e não levada a sério"
Related Posts with Thumbnails

contador de visitas

Contadores Web visitantes desde 12-07-2008 (o blog foi criado em Outubro de 2006) [Contadores Web]